Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

pragas de gaveta - (Filosofia)

 ® Soaroir Maria de Campos
31/10/07 11:26
Mote:"Está findando o prazo de validade
do(s) sonho(s) que eu engavetei."

c/imagens in: Pote de Poesias
http://pote-de-poesias.blogspot.com


ao arrastar os móveis encontramos pó;

aranhas bem instaladas

em suas confortáveis teias

indagando assustadas:

“o que foi que mudou?...”

ao revirar os guardados ouvimos

das tíneas alegação tecida

com a mais pura seda de nossa rouparia,

razões para casulos secos ou com vida.

finalmente, ao chegarmos ao desvão,

depois de se ter descido até o porão,

despejamos todas as antigas pragas,

assumimos  de pronto nossa habitação.

desativados os persistentes engavetados,

marcamos novo prazo pra arrumação.
Soaroir
Enviado por Soaroir em 01/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T719105
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (©Soaroir Maria de Campos em "link para obra original" - "data de publicação no recanto"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Soaroir
São Paulo - São Paulo - Brasil
943 textos (56308 leituras)
5 áudios (986 audições)
16 e-livros (5141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:30)
Soaroir