Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTE

A tristeza me consumiu latente
Invadiu minha casa sem permissão
Não bateu entrou pela fresta do batente
De estrago vários arranhões

Espantá-la em vão
No mesmo vão que entrou
De tão difícil perdi a confusão
Dos gatos da chuva no telhado

Agora  minha vida inundada
De água fresca e molhada
Exorta meu pensamento

De manhã o carpinteiro
A tristeza o batente o telhado
O espírito divino espantou-a
Osório Antonio da Cunha
Enviado por Osório Antonio da Cunha em 01/11/2007
Código do texto: T719351

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Osório Antonio da Cunha
Goiânia - Goiás - Brasil, 42 anos
75 textos (4598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:21)
Osório Antonio da Cunha