Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***LOUCURAS***

Quantos versos eu componho,falando de amor perfeito,
Aquele que pega de jeito,e todo eu descomponho.
Mas quero por excelência,a sutileza do impacto,
Que suprima a paciência, e exija um amor exato.

Que com toda a intensidade,tenha diplomacia,
Que faça com sensualidade,transbordar a alegria.
Que não seja rebuscado,que seja muito atrevido,
Muito menos controlado,que seja mesmo um perigo.

Que queime a minha pele, com ardor da ousadia,
E que o cheiro que expele,aumente minha fantasia.
E que o pulsar do sexo em brasa, desconecte meus sentidos,
Reconecte minha asas, do tempo do amor perdido.

Desvairada sem destino,como um barco a deriva,
Me aprumo em grande cimo, porque eu sou uma água viva.
Preciso bater as asas, e buscar o elo escondido.

Calo-te a boca com ferro em lume,
meu potro selvagem,garanhaõ imune,
Que no prazer.
Teu abandono.
E o limite do desejo,
seja de um corpo insano.
ocupando o mesmo espaço de
dois corpos , num mesmo plano.
Rosa Mel 29/10/07
fioredemel
Enviado por fioredemel em 01/11/2007
Código do texto: T719807

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fioredemel
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
279 textos (3483 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 16:49)
fioredemel