Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VÍCIO

Você dói no vazio que ronca em meu ventre
na paúra de nunca encontrá-lo de novo,
como quem se disseca na flor do saara
e bem sabe que o álamo é sonho distante...
Rói no vácuo profundo que usurpa minh´alma,
toda a fé no futuro, no amor e no mais;
é tapete de farpas onde os pés descalços
querem dar uma pausa e repousar em vão...
A saudade que sinto a transforma em poeira
que respiro e sufoca o desejo da sina,
vou por força que falta pra querer parar...
Trago sua lembrança como quem aspira
um cigarro intragável, mas irresistível,
pra morrer de viver deste vício sem fim...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 02/11/2007
Código do texto: T720455
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3104 textos (62508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:49)
Demétrio Sena