Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta

Poeta
 
Ser entre o certo e o incerto
que clama
ao vento
a imortalidade
desse cantar de alma
 
Ser entre o vento e o oceano
que ergue-se
sobre a submissão
e contra a inercia
 
Ser entre a vida e a morte
que vive
nessa eterna angustia
 
Ser poeta
a alma
que canta
 
FM
Francisco Marques
Enviado por Francisco Marques em 21/03/2005
Código do texto: T7211
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Marques
Portugal, 41 anos
712 textos (24733 leituras)
2 áudios (259 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 17:30)
Francisco Marques