Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABA A POESIA



Enclausurei-me nas palavras de fora.
Aquelas que detêm o pensamento.
Sentei-me à beira-mar, senti o vento,
mas no ar havia algo que pesava.
Senti que o quanto isso incomodava.

Tentei ler, mas não consegui.
As ondas tentaram me ajudar, não entendi.
Deixei-me arrastar por outros desvarios,
os versos afastaram-se, arredios.
A inspiração, ressentida, foi-se embora...

E agora, perdido em escritos incompletos,
adianto o verso, termino o texto e a rima.
Guardo o que não sei e restauro o dito.
Minhas letras estão carregadas de conflito,
Constrangida, minha inspiração desanima.
Não mais estarei entre aqueles prediletos...


COSTARELLI
Enviado por COSTARELLI em 03/11/2007
Reeditado em 19/06/2013
Código do texto: T721263
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
COSTARELLI
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
528 textos (36085 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 21:06)
COSTARELLI