Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
UM AMOR SEM FIM!
*****


Insensatez versando versos difusos!

Letras perdidas no abecedário do coração!

Esmerado conviver esmechando as minúcias!

Ponto final.

Exclamações vinculadas!

Reticências subordinadas...

Expressões sem enredo cativando um triste riso!

Ledo tempo que independe do que se passa com o sofrente ajuntador de letras!

Arrepios de sensações incabíveis quando mexo no alforje das lembranças!

Passado afogando o fogo dos olhos na penumbra da saudade!

Sensatez sentida no cruzamento dos bizarros sonhos nascidos na alma!

Vou a esmo experimentando um amor sem fim!


©Balsa Melo

07.03.06

Cabedelo - PB

BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 03/11/2007
Código do texto: T721428
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87743 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:57)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)