Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ILUSÃO, ILUSÃO, DEIXE O MEU CORAÇÃO EM PAZ!
*******************************


Vá eufórica ilusão conspirar longe de mim!

Leve todas as lembranças sorrateiras acumuladas no meu pesar!

Instale-se, definitivamente, 
noutro lugar e desocupe o meu coração!

Faça qualquer coisa, mas dê sossego aos meus delírios para que eles se esqueçam de existir!

Siga, 
deformada compreensão,
para bem distante e seja o que quiser em outros assentos sentimentais!

De resto não quero tratar de resto o seu significado
posto que ele me fez sonhar os tantos carinhos que insisti lhe ofertar como oferenda verdadeira e, 
absolutamente,
sem ilusão!

©Balsa Melo

08.03.06

Cabedelo - PB


BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 03/11/2007
Código do texto: T721438
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87721 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 03:51)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)