Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não Precisa Dizer Amém!



Sem essa de querer me deter
Não sou objeto, não sou de ninguém
tenho a força da palavra, e não
precisa dizer ao que penso, amém!
O que você acha ser sorriso
pra mim pode ser pranto,
mas tudo bem...
Mas não tente me deter
tenho a força do verbo
que os poetas de verdade têm,
Posso transformar estrelas em dançarinas
acender a lua em noite de chuva
Posso ouvir música nas nuvens
Desenhar um buquê de um cacho de uvas
Não peço para acreditar no que defendo
mas defendo o que acredito
e a isto me rendo,
não quero saber se feio ou bonito
Posso gritar a dor da morte
ou a miséria da vida,
Posso xingar a própria sorte
e cutucar sua ferida
Mas nada me tira
a força que tenho
de fazer o verso gritar
agonias
ou cantar amores e alegrias.

(Sirlei L. Passolongo)

Sirlei L Passolongo
Enviado por Sirlei L Passolongo em 03/11/2007
Código do texto: T721739

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sirlei L Passolongo
Cianorte - Paraná - Brasil, 47 anos
1381 textos (184443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:29)
Sirlei L Passolongo