Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia amanhecida

Minha poesia amanheceu
E cutucou-me, adulterada

Consternação
         Aliteração
               Ímpeto!

De repente...
A poesia morreu!... de um ataque cardíaco!
Já não podia conviver
Com tantos confusos e absurdos sentimentos
Caroline Schneider
Enviado por Caroline Schneider em 04/11/2007
Código do texto: T722517
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Caroline Schneider
Curitiba - Paraná - Brasil, 39 anos
286 textos (26514 leituras)
8 áudios (3059 audições)
5 e-livros (5009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:11)
Caroline Schneider