Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CADA UM TEM SEU PREÇO Poesia a 10 Mãos

Não sei  se falo de valor
Ou se falo simplesmente de preços
Mas a felicidade sem tropeços
Se paga só com amor

Minha vida!
Nesta vida, nos tempos
Minha esperança. No nada e no tudo.!
O preço da vida é ser leal a nós mesmos)

Tudo nesta vida tem preço
Pagamos pra sobreviver
Porém, o amor é gratuito
Para aquele que saber conviver

Mas o importante mesmo
É o que não tem preço
É  a luz, o silêncio e a Paz
É uma vida inteira cheia de Amor(

Nessa lealdade do amor maduro nos entregamos,
Num amor de verdade de grande luz,
Onde nossas vidas o preço da verdade é o que tem valor.
Acompanha-nos até a eternidade dos tempos

As coisas que não têm preço
Para muitos são as mais valiosas
Como o silêncio na hora do amor
Como a amizade nas horas mais preciosas


 Até mesmo no abandono
Pagamos o preço do desprezo
Pode-se melhorar com rezas
Um coração que ficou sem dono?

Colaboraram os poetas
 Antonia Ustulin,
Luasemprecheia
Elio Candido
Zésantiago
E Luiz Lauschner
Luiz Lauschner
Enviado por Luiz Lauschner em 04/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T723555
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Lauschner
Manaus - Amazonas - Brasil, 65 anos
467 textos (100510 leituras)
1 e-livros (87 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 15:53)
Luiz Lauschner