Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FAÇA-ME VOLTAR PARA O VENTRE MATERNO

O sol nascente ilumina a face do recém nascido
Cria que saiu do ventre carente.

Agora respira aqui fora,
Doses de ar, doses de ira.
Doses de hora.

Começa a andar e logo quer crescer
Copiar ou desenvolver
E ver isso tudo acontecer;

Espera na fila, deve o banco.
Venera o santo,
Pega ônibus lotado
Entra no bairro errado.

Sente na pele a sujeira
Vê as crianças sem eira nem beira,
Fuma um cigarro
Excita o pigarro.

Pula da cama na matina
Encara o chefe mal humorado
Abaixa a cabeça e sai calado
Mija na latrina
Sempre a mesma sina.

Discute com a mulher,
Come a comida requentada
Xinga a vizinha desdentada
Come o fígado com a colher.

Mais um filho pra nascer
Vendo o leite encarecer
O dinheiro a desaparecer
Ainda tenho que viver?

Que inferno, por favor, meu senhor.
Faça-me voltar Para o ventre materno.




Rommyr Fonttoura
Enviado por Rommyr Fonttoura em 05/11/2007
Código do texto: T724273
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rommyr Fonttoura
Mariana - Minas Gerais - Brasil
265 textos (9744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:31)
Rommyr Fonttoura