Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PUTA...! ( II )

Puta...!

Mexi com razão e o pudor das gentes.

Sem terem eles chegado à noção,

De como anda o meu lânguido coração.

Puta...!

É  mera expressão, desabafo fiel da dor que me tortura sem parar.

Visto que me deixa desvairado esse amor.

Puta...!

Que me perdoem, meu descompor.

Nestes versos chulos, desnudo-me, deixando à mostra: minha

acepção, minha decepção, em suma, meu desvario de uma paixão

Puta que pariu!

Que louco eu sou... !

Ou talvez nada mais eu seja que, um hilário trovador.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 05/11/2007
Reeditado em 06/11/2007
Código do texto: T724377

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
485 textos (16475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:50)
Cláudia Célia Lima do Nascimento