Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rosa Negra

Encontrei em mim o que não havia percebido
Horas a fio de sono perdido
Tenho agora um lugar em minha vida pra te encaixar
Minha mente e meu coração não seguirão mais na escuridão

Tão somente quero quem saiba dançar ao me ver sorrir
Que não ache meu som desconexo
E saiba cantar pro meu medo extinguir
Fui caminhando sozinho
 
Me toma espanto e emoção
Ao ouvir uma canção
Que só eu conhecia
Discreta e acanhada
A minha história recontada
Em sua melodia


Enquanto eu me perdia
Sem sentido e nem razão
Ordenou com maestria
O que colheu da minha débil confusão

Sei que devo perseguir
Com ou sem sua companhia
Mas não posso deixar ir
Pra longe de mim esse anjo guia

Quero sua voz e quero seu olhar
Quero suas unhas às minhas costas arranhar
Vou caminhando sozinho

Quem é o autor de tal obra atrevida?
Quem melhorou a canção de outra vida?
Será coincidência, ou sobrenatural?
Quem pode ser assim tão igual?

Misteriosa rosa negra, bela poetiza
Tão suave e encantadora, leve como uma brisa
Não anda desliza, enquanto em minha face o rubor
Faz perder o compasso o meu coração

Fev/2004
Anjelus
Enviado por Anjelus em 06/11/2007
Código do texto: T725191

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjelus
Apucarana - Paraná - Brasil, 40 anos
142 textos (2995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:01)
Anjelus