Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirintos da alma



No caos da existência humana,
minha alma, se descontrola
nos corredores da decadência.
Em que a vontade desiste.
Alternância desconfortante.
em que se joga, poder e força.
Valores do declínio constante.
E essa vontade, que em nós habita
e que deve recrudescer.
Em ideal e criatividade.
Para a nossa felicidade
poder avolumar-se, em liberdade
amor e fé, para bem da humanidade.


De t,ta
04-11-2007
20;26
Tetita
Enviado por Tetita em 06/11/2007
Código do texto: T725314

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80070 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:32)
Tetita