Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BANDIDO E BANIDO


O que sei do amor escondido,
É não tê-lo como uma farsa,
Nem como uma faca
Que corta a força da libido.
Rouba-se um beijo
E oferece um abraço,
Tocam-se os lábios,
Passeia adentro no espaço
Amassando os peitos nos seios,
Ardendo a pele no desejo
E aprendendo sermos sábios
Quando se cumprem os anseios.

Ao amor não cabe se arrepender,
Mesmo escondido o amor sabe ser.
O gosto de viver mesmo bandido
Mesmo banido depois do pecado
De quem não sabe a pena e indecência
E se perde na febre por inocência.
Na cabeça paira o perdão,
Paz nos humores do coração.

Walterbrios /domingo, 10 de abril de 2005

Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 16/11/2005
Código do texto: T72585
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
358 textos (13845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:46)
Walter BRios