Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DAS RELAÇÕES INCONCEBÍVEIS

devagarzinho, o leão me consome a idéia geral,
crava suas presas aos meus protestos inúteis!
devorador de meias palavras, é tão inteiro.
é atroz.
e eu, que gostando vou cogitando, sabendo evitar,
não o vejo saltar sobre mim ou rugir sua fera,
sou cega,
ao contrário de sua natureza, dócil!
vai mordendo invisível com seus dentes enormes
minhas mãos pequenas na inocência de acariciá-lo,
tão entorpecente na mordida que não sinto furar...
ele parte os ossos com perícia hipnótica.
eu permito.
vou sentindo sumirem os sentidos no meu não sentir,
desacordando num solo úmido e sem chances de vida
mas presa e caça tem lá seu amor inexplicável.
eu deixo!


betina moraes
Enviado por betina moraes em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T727296

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
betina moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
391 textos (3641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:34)
betina moraes