Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sempre mais


...e que nossa primeira criação
nos torne o indizível caos dizível
alheio ao fiat lux de um javé

as torres subam para além das nuvens
e façam nossa história do futuro
e tornem pequenino o céu de outrora

adocem meu café poentes doidos
memórias invisíveis de eu ter sido
piramidem os passos que nos levam
o caos que não é se faça noite

noite que é sem luz e não tem cor
espera a sedução de qualquer mão
António Soares
Enviado por António Soares em 07/11/2007
Código do texto: T727385

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Soares
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 83 anos
101 textos (4440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:35)
António Soares