Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO TE AMEI, NÃO ME AMARÁS

Jamais me amarás como te amei!
O meu amor era tão grande
era o motivo do meu cantar
de todas as flores do nosso lar..era o perfume!

Jamais me amarás com tamanha ternura
e desprendimento
ao ponto de fazer-se cego dos meus erros!

O teu amor tão oposto ao meu
sem frases de amor, de poucos gestos
talvez ainda seja amor
            [e quem sou eu para contraria-lo!?

Mas bem sei, que jamais me amarás como te amei
e é bom que assim o seja!

Pois meu Amado eu não suportaria vê-lo
morrendo, e de amor se desfazendo
Para realizar os tantos anseios meus!
´
É bom que  o seu amor assim o seja
pois, não suportaria ver-te padecer por me amar demais!
Embora eu saiba que enquanto se morre de amor
Ama-se muito mais!
Cristhina Rangel
Enviado por Cristhina Rangel em 07/11/2007
Código do texto: T727402
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristhina Rangel
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
1085 textos (27837 leituras)
19 áudios (660 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:29)
Cristhina Rangel