Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Intimidade

Sou tudo de diferente
E tudo de igual
E se de repente, num rompante
Você achar que sou luz
Eu também sou escuridão
Sou som
E ao mesmo tempo sei ser silêncio
Sou chão
Sou céu
Tenho em mim a delicadeza das flores
Mas também a fortaleza das raízes
A dureza e a franqueza dos espinhos
Posso ser salgada como o mar
Mas, doce como o puro mel
Tenho a ironia do destino
Sinceridade da criança
A certeza de um Deus
Sou o brilho de um olhar
Triste? Feliz?
Convido você a descobrir
E quem sabe a transformá-lo?
Sou tudo o que quero ser
E o que não quero
Trago em mim a pele em flor
Olhos em chamas
Boca entreaberta
O que sinto é tão verdade
Que se eu não sinto
Eu morro
Dualismo, rebeldia, sensibilidade, sou eu mesma sim senhor!
Caso duvide, tenha a certeza que não sou eu quem vai te provar.

Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 17/11/2005
Código do texto: T72777
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:26)
Priscilia Nascimento