Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REINVENTAR


Quero me permitir
Sucumbir a todas
Às loucuras

No fim
Vou reconhecer
A sanidade
Que espero

A felicidade
Que desejo e
MEREÇO
Virá a mim
Depois de toda
Angústia

Sorvo com desvelo
Minha taça de
Tinto seco
E me entrego
À lucidez

Não mais cultivar
A inteligência
Saber dói!

Me rendo a inconsciência
E a total
Estupidez!
Analúcia Azevedo
Enviado por Analúcia Azevedo em 08/11/2007
Código do texto: T728567
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Analúcia Azevedo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
127 textos (12430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:15)
Analúcia Azevedo