Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GUETOS

Nos guetos estreitos
Pessoas estreitam
Seus laços de vida
Em situação tão igual.

Nos guetos da vida
Pessoas definham
Em meio à miséria
Esquecidos no abraço
Que aquece o outro
Porque falta o lençol
Só lhes resta o jornal.

Guetos que são
Sua grande avenida
Sem sonhos imortais
Dividir sua comida
É razão de alegria
Entre os ratos infernais.

Guetos e natais
Sem perus e pernis
Panetones
E pessoas.
Só os guetos que ficam
O natal
A alegria
Permanecem nos sonhos
Daqueles que habitam
Galerias escondidas
Eternos excluídos
Que vivem à margem
O seu sonho é a dureza
Real da cidade
As festas, natais
São negados aqueles
Que nos guetos se escondem.
FATIMA MOTA
Enviado por FATIMA MOTA em 08/11/2007
Código do texto: T729196

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fatima Mota ou FMott@). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
FATIMA MOTA
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1347 textos (98269 leituras)
7 e-livros (425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:53)
FATIMA MOTA