Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Criptados estados de alma

Em cada canto aportado deste mundo que já vi,
Vi no oriente branco correrem rumo à esperança,
Tal uma criança com milhões de sonhos,revi...
Lá no norte, terra vermelha, de frio e infância...

Como no sul,ventos de brisa e calor,
Ardem na alma,tempos de poesia, de dor ao voar,
Criptados estados de alma,atravesso mares,a casa,meu esplendor,
Não tenho ponto geográfico de estar,nem para amar...

Amar a singularidade da existência,como a cada sinfonia,
Na neve entranhada,nos mares opostos que cruzei!
A poesia de cada momento cardeal,é bela sim,é a alegria!
O mundo desbravado e a desbravar,a cada ser e lugar que amei...
jose duarte
Enviado por jose duarte em 08/11/2007
Código do texto: T729395

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose duarte
Portugal, 48 anos
63 textos (12814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:02)