Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOIS CORPOS NÃO OCUPAM UM MESMO LUGAR NA CASA


DOIS CORPOS NÃO OCUPAM UM MESMO LUGAR NA CASA


Bate
[na porta da frente]
um amor novo.
Escuta
[na porta de trás]
um amor gasto.

O amor novo magia,
ousadia, folia,
serenata as janelas,
silencia as portas
prontas
no sentido
prazeroso de abrir.

[entristece ao ver o gasto amor calar]

O amor gasto vazia,
calunia, angustia,
ausencía os quartos,
silencia as portas
prontas
no sentido
rangido de fugir.

[sorri até ao ver o novo amor por triz]

E, sem desejar algum mal,
sai de fininho
pelo fundo do quintal.

Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 21/03/2005
Código do texto: T7295
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:11)
Djalma Filho