Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESTINO A CAMINHO

Ela vem a galope, o seu cheiro me ronda,
como faz óleo quente fritando cebola
na pequena cozinha de um bar de subúrbio;
no distúrbio do "trêiler" de beira de rua...
Eu me apronto pra ela namorando a sombra,
cortejando saudades, dando à solidão
a maior atenção que se dá para o nada;
o silêncio devido a não se sabe o que...
Sinto os ares que chegam pra sondar meu peito,
pra tecer o perfil de quem logo será
passageiro do cosmo; do espaço; do caos...
Minhas veias presentem seu dom glacial,
a rajada suave da quase presença,
que me pede licença e prepara o destino...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 09/11/2007
Código do texto: T730232
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3050 textos (61797 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:02)
Demétrio Sena