Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Quebra do Inquebrável

Sinto a batida seca em minha costa
Reação violenta, mas não sangrenta
Da irritação causada na cútis da sociedade
Pelos meus atos politicamente incorretos
A burguesia se ofende e tenta
Mas não tem poder tal para me controlar

Destruí o mais importante deles
A ignorância a qual estávamos à mercê
O sentido total do mundo foi deduzido
Eu consegui furar a barreira
Espero ser uma motivação
Para nossas gerações futuras

Construí tudo o que pude
Em cima do que sinto em relação a todos
E estou vendo que infelizmente
Parte da construção irá desabar
Mas não ficarei aqui parado
Vendo o trabalho de minha vida se despedaçado

Temos que reagir contra o sistema que no impuseram
Temos que desvendar as conspirações que nos esconderam
Temos que extinguir o consumismo
Que nos mata pouco a pouco
O capitalismo era a revolução antigamente
Mas hoje vejo que não passa de uma bugiganga criada pelo homem
Para o controle do mundo em geral

Já tive pensamentos em que o mundo de hoje
Seria igualitário
Seria justo
Seria pacífico
Mas isso só acontece em sonhos
Infelizmente

Futuros donos do mundo
A nova ordem mundial está a sua espera
Controlem, matem, destruam
Mas saibam que no fundo
Vocês ainda são e sempre serão
Humanos
Wésley D D Menezes
Enviado por Wésley D D Menezes em 11/11/2007
Código do texto: T733087

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Wésley Menezes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wésley D D Menezes
Belém - Pará - Brasil, 26 anos
85 textos (2335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:13)
Wésley D D Menezes