Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE


Quando você se levantou pela manhã
Eu já havia preparado o Sol para lhe aquecer.
Eu providenciei tudo isso, um Bom Dia fiz nascer,
Zelei por você e sua família, eu sou seu fã.

Esperei pelo seu "Bom Dia!", mas você esqueceu.
Você parecia ter muita pressa e lhe perdoei.
O Sol apareceu e as flores lhe ofereceram seu perfume.
Eu sei, você corre tanto... Nem ligou e EU o perdoei.

Você leu bastante, você viu e ouviu muitas coisas.
Viu mais ainda, eu quis falar, você não deixou,
Eu quis até lhe aconselhar, mas você não pensou.
E você em mim, nem os seus olhos pousas.

Seus olhos, seus pensamentos, ao longe se estendia
Veio a chuva, eram minhas lágrimas por sua ingratidão.
Foram também minhas graças te oferecendo perdão,
Para que não te faltasse a água nem o pão de cada dia.

Eu quis lhe dar um "Bom Dia" e você nem viu!
Não importa. Quis lhe dar uma boa tarde: você nem olhou...
Poderia ter sido melhor, se pensassem em mim, nem pensou.
Deixei para ao deitar-se, "Boa Noite!!"... Você nem ouviu.

Psiu!... Está me ouvindo? Já dormiu.
Que pena! Boa noite, durma bem.
Eu fico zelando por você...
                                JESUS

Zé Bezerra o Águia de Prata
Enviado por Zé Bezerra o Águia de Prata em 11/11/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T733326
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE - Zé Bezerra o Águia de Prata
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Bezerra o Águia de Prata
Teresina - Piauí - Brasil, 88 anos
292 textos (67640 leituras)
152 áudios (24181 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:09)
Zé Bezerra o Águia de Prata