Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O par de lentes molhadas

O olhar do poeta, perdido no vazio,
Sob as lentes dos óculos
Tenta alcançar a retina do indizível.

Nuvens densas, de cor cinza cobrem
Este par de olhos sob as lentes,
Embaçadas pela umidade das gotas
Que lhe escorrem pelas faces.

Um vendaval de contraversos veio
Desarrumar os sentimentos do poeta,
Lentamente...

O par de lentes molhadas
Nada mais são, agora, que janelas
Da alma triste
Daquele que quer tão somente
Ser feliz...
Maurício Apolinário
Enviado por Maurício Apolinário em 12/11/2007
Reeditado em 04/01/2016
Código do texto: T733772
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Maurício Apolinário
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 59 anos
239 textos (85217 leituras)
1 áudios (54 audições)
5 e-livros (2837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 05:15)
Maurício Apolinário

Site do Escritor