Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lacrimal

Lacrimal
Sandra Ravanini


Foge de si nas mesmas voltas ao mundo
despedaçando a opaca luz da redoma,
colhe de si o culto agreste e beija a lona
em silêncio oprimindo os ermos segundos.


Foge de si no exato círculo tão infiel,
palavras alagando essa despedida
num choro sem graça às flores esmaecidas,
brotando o adeus ao espinhoso silêncio cruel.


Foge o sol anoitecendo o dia cinzento,
apagando a chama, verte da lacrimal
a decomposição dum enxerto mortal
quebrando a confissão às secreções e ungüentos.


Foge a lua do azul, não há mais firmamento,
e sem chão ou espinhos agrestes, beija ninguém
e foge de si num choro apontando o além,
e o sol colhe o culto de um mundo cinzento.

24/07/2007
13h28
Sandra Ravanini
Enviado por Sandra Ravanini em 12/11/2007
Código do texto: T734028

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Ravanini / www.recantodasletras.com.br/autores/sandraravanini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Ravanini
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
161 textos (7172 leituras)
21 áudios (625 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:04)
Sandra Ravanini