Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PANO DE FUNDO

Ah, essa dor...
terrível, amarga,
que dói sem pudor...
e arrasa a alma,
e debilita o corpo,
e desbota o amor.

Outras dores chegaram
e passaram...
A alegria perdida
num momento
se refaz
volta à vida...
tudo se recompõe
na hora certa,
no instante preciso,
é preciso querer,
nem exige muito esforço,
basta apenas ter juízo...
E volta novamente
ao meu rosto anuviado
o antigo sorriso...

Mas nunca volta
a paz perfeita,
a alegria mansa
que em mim inaugurou
tua chegada,
teu encanto,
plenitude e esperança.
E no secreto mundo
da minh'alma sombria,
desde a tua partida,
a dor e o pranto permanecem
como pano de fundo...
Sal
Enviado por Sal em 19/11/2005
Código do texto: T73406
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sal
Marília - São Paulo - Brasil, 78 anos
507 textos (44790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:09)
Sal