Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lua prateada

Venha agora, lua cheia, prateada,
Venha depressa com seu raro esplendor.
Pois, o seu lume é lume bom e traz amor,
Agora sinto-me a mante sonhador,
Ó lua vem, tu és a minha namorada!

O sol longíquo aquece a tua atmosfera,
E vai te dando muito amor e muita paz.
E vem surgindo o arrebol, a nova era,
E vens surgindo com amor da primavera,
E o teu lume não esquerei jamais.

De um grande amor , és testemunha ocular,
E para ti tenho o amor lindo e sem fim.
Não vá  embora, se não passo a chorar,
É até chorando, mesmo assim eu vou cantar,
Venha depressa iluminar o meu jardim.
Valério Márcio
Enviado por Valério Márcio em 12/11/2007
Código do texto: T734690
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valério Márcio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
536 textos (45423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 05:08)
Valério Márcio