Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando Chega A Noite


    O Crepúsculo vai embora
    E a noite começa a chegar.
    As despedidas dos últimos raios
    Misturam-se ao claro luar.

    O Poeta contemplativo, olha as estrelas a sua volta.
    Na esperança de uma  inspiração que lhe convém.
    Musa pequenina, pouco importa?!
    O importante, é o seu amor é o que ele tem.
   
    Nas ruas se faz  triste  o  viajante.
    Um pintor vê sua tela  que não foi vendida
    Chora lamentos o pobre emigrante
    Um operário  que não cumpre horário pede  guarida.
   
    Uma cortina  afastou-se por um instante
    Ocultas  estavam as estrelas  cintilantes.
    Os boêmios  cantam  e bebem  nas  esquinas
    As ciganas lêem nas suas cartas  as próprias  sinas!
   
   


   
   
Giovana Clara da Cunha
Enviado por Giovana Clara da Cunha em 13/11/2007
Código do texto: T735425

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Giovana Clara da Cunha
Surubim - Pernambuco - Brasil, 58 anos
298 textos (54199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 04:00)
Giovana Clara da Cunha