Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0207 - Dúvidas


 
Talvez não me sinta agora, ontem me sufocou,
brindamos paixão com alguns goles de prazer,
hoje não consigo me lembrar de lhe esquecer,
se foi real, se foi o que quisermos, ainda sou...
 
Quero o penúltimo beijo antes de dormir,
sua voz sussurrando uma palavra qualquer,
um estranho calor me excita,
poderia fingir, mas continua aqui comigo.
 
Posso confessar todos os pecados juntos,
não os nossos, foram trocas justas,
queria esquecer todos os anos, menos um,
fez um mundo novo, com apenas um habitante.
 
Um dia sua boca me ofereceu e eu não fui,
tinha meus sentidos distantes do seu corpo,
tudo era pra valer e não me avisou...
Como posso seguir se não me mostrou o caminho?
 
Olha! Quero que seja íntima desta paixão,
preciso dos seus pecados, todos, os mais ousados,
das palavras suaves, da carne quente, preciso de você,
quero tudo que deixei, antes já era minha.
 
04/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 22/03/2005
Código do texto: T7365
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116243 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:35)
Caio Lucas