Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Janela do Tempo


   Fim de Tarde! Um convite silencioso para repousar.
   A tênue luz da lua já apareceu.
   Trocaram de lugar no céu, as estrelas  cadentes.
   No entanto, roubei meu sono lentamente.
   
   De  madrugada, na Janela  do  tempo...
   tranquilamente
   Sem tempo para sonhar.
        Contei  as horas...os minutos...e os  segundos.
   E viajei pelo meu mundo interior, sem medos.
   Revi na memória :  meus  segredos
   Encontrei  ternos sentimentos, que estavam
   adormecidos.
     Para me reencontrar  nas  horas.
Giovana Clara da Cunha
Enviado por Giovana Clara da Cunha em 15/11/2007
Código do texto: T738491

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Giovana Clara da Cunha
Surubim - Pernambuco - Brasil, 58 anos
298 textos (54192 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:30)
Giovana Clara da Cunha