Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA VIDA EFÊMERA!

             MINHA VIDA EFÊMERA
É tão frágil e sensível
As vezes se faz invizivel
Para passar desapercebida
Mas para mim nessa vida
É chegada a hora da despedida
Já sinto os sinais
E a fragilidade do meu ser
Procuro esconder
Não quero ver os que amo sofrer
Mas continuo lutando
Sei que é impossível vencer
Mas lutar contra esse mal
Que destrói sem piedade
Me transforma num animal
Com toda sua ferocidade
Não quero que ninguém sinta pena
Nem me veja agonizar
Quero que guardem de mim
A imagem da mulher
Amiga!
Feliz e de bem com a vida
Mulher que soube amar
Como poucos nessa vida
Se fui amada? Não sei.
Mas fui muito querida
Tenho grandes amigos
Esses terão saudades
Eles me conhecem bem
Vão encarar tudo com serenidade
Não gosto de despedidas
Um até breve somente
Na hora de partir para sempre
Quem sabe um dia nos encontraremos novamente
Noutra vida em qualquer lugar
Dizem que a vida é eterna
Então um dia voltaremos a nos encontrar!...
Helena Lins-20-11-2005
Helena Lins
Enviado por Helena Lins em 20/11/2005
Código do texto: T73867
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Lins
Salvador - Bahia - Brasil, 54 anos
325 textos (18712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:22)
Helena Lins