Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÚSICA SEM PALAVRAS




Ouço distante, tua sinfonia,
Acordes supremos de minha criancice
Compassos, notas em suave harmonia,
Lembranças e fatos de nossa meninice.


Um amor ausente é triste melodia
Envolvida por uma certa doidice
É um flagelo incômodo, uma agonia...
Ouviste bem o que eu disse?

Eterna mania, tu permaneces calado.
Não ages como um ser amado.
Fazes do meu céu, torturante inferno.


Minha trêmula alma - ser vivente,
Quer amar, tornar-se gente,
Submergir deste impiedoso inverno.

Denise









Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 22/03/2005
Código do texto: T7394

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916774 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:27)
Denise Severgnini