Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tu e o Mar



Gostas de ver o mar revolto ?
Seduz-te esse encanto ?
Deliciosamente te vejo solto
Avidamente aprecias seu canto
Vejo-te às vezes pensativo
Porque ainda não viste o mar
No teu olhar o lamento afirmativo
Dou-te o braço e vamos vê-lo espraiar .
Costumo ver o mar –sentimento antigo
Encanta-me o azul a transbordar
Tem musica ,vida, drama é amigo
Poema que o tempo fará durar
A fronte ergue, magestosa, a espumar,
Rugindo em vagas altivas, te vi inimigo
Seu canto em fel a transformar
Oh! Tudo quanto há nele  - nem digo.
Amo-te ó mar... poema amigo
Docemente sinto desejo de abraçar
O teu canto harmonioso eu sigo
Deixa-me contigo também cantar.
Monstro súblime, com garras de Leão
Oceano sem fundo, abismo e mistérios
Tremo ver-te assim, fere-me o coração!
Tua revolta convida a impropérios...
Odete Simões
Enviado por Odete Simões em 16/11/2007
Código do texto: T739590

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Odete Simões). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Odete Simões
Portugal, 91 anos
68 textos (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:00)
Odete Simões