Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASTA

Ter assim, pouco que fica
Ser talvez, pouco que fala
Ainda estamos caminhando ao luar...
O olhar desvia sempre
Alguma coisa chama a atenção
Não são palavras duras
Virou apenas outro objeto
A fala continua macia
Faltam toques, faltam gestos
Desvios tratados ao largo
Estamos caminhando ao luar...
Som, sorrisos e pressa
Alguma coisa para fazer
As vestes são as mesmas
Sabores, doces, agradecimentos
Só se fala de modo contínuo
Sem trejeitos, sem momentos
Desvios tratados
Caminhando ao luar...
Enquanto és casta
Só,
Com prazer,
De amar,
É o que fico.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 22/03/2005
Código do texto: T7402
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:11)
Peixão