Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POBRE NORDESTINO

POBRE NORDESTINO

Mário Osny Rosa

Lá no seu torrão natal
Sempre fica na espera.
Um dia não seja fatal
Que a seca logo encerra.

Diante dessa cena
Ao nordeste vou voltar
Ver como lá se encena
A loucura de amar.

Se a chuva começa a cair
Logo pensa em voltar.
A saudade começa a sentir
Seu sertão a imaginar.

São José/SC, 17 de novembro de 2.007.
morja@intergate.com.br
www.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 18/11/2007
Código do texto: T742059
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (37865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 14:48)
Asor