Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUAVE


Suave
a boca semi-aberta
brinda minha língua
ao sabor dos lábios.

Quietos
dois seios colados
guardam meu peito
no suor dos abraços.

Entontecidos, frágeis,
bicos brincam com lábios
parasitas que amamentam
beijos que vêem o céu de língua
despindo a fenda de todas as bocas
que torturam a fera de crina indomada.

Emocionada, domadora,
umedece a potência do grito
aquieta o intrometido enrijecido
desgrenha todos nossos cabelos
visíveis e improváveis em carinhos
que misturam o amor e o imprevisível.

Dá-me um beijo profundo de boca,
sinta-me completo dentro do teu corpo
enquanto gozamos de línguas escondidas.

Beija suave depois,
se puder!...

Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 22/03/2005
Código do texto: T7421
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 12:42)
Djalma Filho