Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poço Profundo

O poço era profundo
E dele tentei emergir
[sem sucesso].
Debati-me contra as paredes,
Nas suas águas geladas.
E quando me via sem forças,
Lançaste-me  providencial corda.
Subi ou fui subido
Até a superfície, nem sei!
No beiral, abandonaste-me;
E voltei a sucumbir
Soçobrar desorientado.
Neste desiderato acomodei-me,
Lambi as feridas, flutuei,
Mas continuo no fundo.
[questão de foro íntimo]
Daqui vejo melhor o mundo,
Tenho visão privilegiada e o poço...
Ah! Nem me parece tão profundo!
Mallmith
Enviado por Mallmith em 19/11/2007
Código do texto: T742823
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mallmith
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
175 textos (5001 leituras)
3 e-livros (185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 15:02)
Mallmith