Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O HOMEM
Não gosto de mexer com quem
realmente se encontre quieto.
Mas vejo também
que nada é impossível
de se conceber.
O homem por mais absurdo,
sempre se deixa crer, que entre
um e outro sempre deixa um parecer.
Mesmo quanto mais velho,
é bem mais experiente...
não é mais nenhum delinqüente.
E sendo assim já usou mais de uma etiqueta,
que um bom vestir faz-se ver. Já deu boas piruetas
e bebeu simplesmente seu melhor uísque.  
Não há porque mostrar um ou outro,
diante de uma TV que o mundo todo possa ver.
Alexandre Oliveira
Enviado por Alexandre Oliveira em 19/11/2007
Reeditado em 16/01/2008
Código do texto: T742846

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Oliveira - www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Oliveira
Cabedelo - Paraíba - Brasil
2551 textos (230276 leituras)
2 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 19:50)
Alexandre Oliveira