Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MISTÉRIOS


Tem uma mulher sobre rodas.
 
Ela, com a janela à vista, vem na rota
dos mapas traçados,
grafite em dorso,
dos poemas inteiros
feitos pelo corpo
que, em chama, arde nu em pele!...

Uma mulher flutua sobre rodas.

Ela, sem sonhos á prazo, vê a fantasia
do abraço completo,
um beijo de corpo,
do cheiro guardado,
um perfume ansioso,
que, lentamente, sobre rodas vem!...

E, ao chegar enfim, sem pressa,
abrirei página por página do teu corpo,
tocarei nele linha por linha, traço a traço,
virgula por vírgula, exclamação de orgasmo.

Uma mulher se masturba sobre rodas.

Brinca de reler a fantasia
dita nas cartas, quase em versos,
sabe que o fim da viagem está bem perto.

Uma mulher chega sobre rodas.

É o momento exato de reaprender
a escrever com a mesma caligrafia
de quando criança de letra bonita.

A mulher chega sobre rodas.

Ela, tão cansada, qual um poema antigo
se refez sob a ducha mais morna,
respingou mistérios da poesia em nudez.

Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 22/03/2005
Código do texto: T7429
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 15:36)
Djalma Filho