Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outras faces da razão

Num domingo qualquer
Ouço vozes à toa
Vejo as bombas caírem:
Fogo, ferro e dor.

Não adianta mais correr agora
Não temos mais motivos pra cantar
Me sinto pequeno em outros olhos
Em outras faces da razão.

Numa noite escura
Ouço alguém me falar
Que o mundo
Não acredita mais em lágrimas
Que a morte é amiga,
e a vida
Tão chata,
Que a lua não pertence ao romance de ninguém...

Porque além do portão
A foice nos aguarda
com um sorriso negro nos lábios
Como servos da morte,
Soldados de uma revolução sem causa
E sem razão.

Me sinto pequeno em outros olhos
Em outras faces da razão.

.:.
Lyma
Enviado por Lyma em 21/11/2005
Código do texto: T74434
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lyma
Salvador - Bahia - Brasil, 39 anos
58 textos (3102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:35)
Lyma