Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão



Como criança sonolenta
Ando lentamente a procura
De algo que me desperte.

Pra vida...
Sou andarilha
Sou amante
Sou mulher
Sou gente

Andarilha:
Quando me sinto vazia
___de amor!

Amante:
Quando me invade
___sem pudores!

Mulher:
Quando me refaço
___nua e crua!

Gente:
Quando ando na rua
___tudo cru!


Sandra Almeida
Enviado por Sandra Almeida em 20/11/2007
Código do texto: T745098
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Almeida
Cacoal - Rondônia - Brasil, 59 anos
288 textos (6800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:03)
Sandra Almeida