Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Portas abertas

Hoje, meu coração, livre,
Tem portas. Tranquei-as.
Mesmo frente ao paradoxo,
As asas da liberdade
Não conhecem barreiras.

Hoje, meus olhos, serenos,
Tem portas. Tranquei-as.
Embora pareça contradição,
É uma cerca à censura.
Um filtro contra impurezas.

Hoje, minha mente, combativa,
Tem portas. Tranquei-as.
Contra-senso ou não... Fecho!
Mantenho, pois, abertas,
Portas e janelas da alma.

+++++

Poesia On Line
14/11/07
Mote: Portas abertas
Proposto por: Sogueira
fiore carlos
Enviado por fiore carlos em 20/11/2007
Reeditado em 25/02/2009
Código do texto: T745115

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fiore carlos
Limeira - São Paulo - Brasil
860 textos (317858 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:17)
fiore carlos