Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por onde andas?

Sabes que me faz falta!
E ausenta-te de mim
Deixando-me assim...
Vagando sem rumo,
Vagando sem destino.

Sabes que me faz falta,
E por onde andas eu não sei.
Vivo procurando-te a esmo,
Nem mesmo sei se tens um rosto!

Por onde andas que não vê
Que para mim me faz falta?
Diga-me apenas uma palavra,
Faça-me um aceno, um gesto,
Mostre-me por onde andas.

Sabes que me faz falta
E vives as escondidas
Em meio as copas das arvores,
Acima das nuvens disformes.

Sabes que me faz falta
E vives as escondidas
No vento que sopra forte,
Na suave e mansa brisa,
Na tempestade trovejada,
Na chuva fina e calma.

Sabes que me faz falta
E por onde andas eu não sei.
Não sei se tem rosto moreno
Ou se loiro é teu semblante!

Há tempo eu não sei por onde andas
E tu sabes que me faz falta.
Faça-me uma surpresa
Mostre-me o teu rosto
Mostre-me o teu jeito
Mostre-me o teu cheiro.

Faz-me de novo viver
Faz-me de novo sorrir
Eu tenho urgência em saber
Por onde andas
Oh! Amor.
Valdir Cremasco
Enviado por Valdir Cremasco em 20/11/2007
Código do texto: T745472

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Cremasco
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
213 textos (34223 leituras)
9 áudios (752 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:22)
Valdir Cremasco