Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destroços e saudade


Um pedaço de noite, um pouco de vinho...
Um pedaço de pessoa, um verso...
La Barca, No me platiques más...
Amargura?
Saudade, ainda...
Versos,
pegadas numa areia perdida
em distâncias inimagináveis...

Suores:
Lágrimas, ainda...
Do corpo saudoso:
Do toque,
Do peito,
De cada proximidade injustamente marcante....

É você que me vem,
Em sonho distante e dolorido....
È você que me vem, com os olhos mais ternos
E inconseqüentes que um verso pode abrigar...
Me vem, insano...
E me detém num abraço...

Os corpos se tocam,
Se querem, apenas...
Mas há penas entre nós...
Nós a desfazer,
Pá, ciência?
Calma, ainda:
Gritos, de dentro....

E é...
Com seus olhos,
E peito aberto,
À queima-roupa,
Sem rima nem pudor:
Amor,
Versos,
Vinhos...
Dor.

Mais uma noite e na cama vazia só eu...
O sangue destilado, ainda....
Destroços e saudade.


[Inês Martins]
Inês Martins
Enviado por Inês Martins em 21/11/2007
Código do texto: T745589

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o autor e o link da obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Martins
Goiânia - Goiás - Brasil
126 textos (6954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:11)
Inês Martins