Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Livre Um Dia

Ser livre um dia
Simplesmente SER
Livre das amarras
Não sentindo mais esporas
Papel em branco
Podendo escrever
Reescrever
Ou, quem sabe, jogar fora
Nunca livre para voar
Pois nem de criar asas eu dependeria
Caminhar
Correr
Explorar meu corpo
Usar meus braços
Para derrubar barreiras
Subir montanhas
Com a força de minhas pernas
Desprezar o coração
Funcionar
Pensar
Maquinar
Ser exclusivamente mente
Sem limites
Especialmente despudorada
Não contar os passos
Nunca olhar para trás
Pular do alto de um abismo
Ressurgir de cabeça erguida
Olhar límpido
Alma imaculada
Gritar
Rugir
Aproveitar momentos
Sensações
Viver de paixões
Ridicularizar o amor
Esquecer que um dia
Joguei-me ao chão e chorei
Que achei que era tão importante
Pedir perdão
Não há passado
Nem sequer vislumbre de futuro
Não há remorso
Loucamente irracional
Selvagem
Amoral
Pura carne
Instinto.
Luciana Alcantara
Enviado por Luciana Alcantara em 21/11/2007
Código do texto: T745956
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Alcantara
Recife - Pernambuco - Brasil
28 textos (2245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 14:56)
Luciana Alcantara