Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tédio

O tempo pára
Gira
Passa
Acaba
Sempre recomeça
O vento bate no rosto
Quente
Impregnado de nada
Sem sentir
As folhas paradas
Bastante jovens
Amareladas
Não há orvalho
Não há frutos
O mundo repleto de movimentos
E nada muda
Hoje
Amanhã
Nunca
Que importa?
Pessoas sorriem
Sem vontade
Pura demagogia
O tempo se esvai
Areia fina
Jogada ao vento
Que não leva a lugar algum
A vida acontece
Nasce
Morre
Todos os dias
A cada momento
Eu...
Sem ritmo
Simples descompasso
Tento...
Não consigo andar lado-a-lado
Me perco
E continuo presa ao mesmo lugar
Estagnada
Submissa
Prostrada.
Luciana Alcantara
Enviado por Luciana Alcantara em 21/11/2007
Código do texto: T745959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Alcantara
Recife - Pernambuco - Brasil
28 textos (2244 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 23:07)
Luciana Alcantara